Terapia Fotodinâmica

terapia-fotodinamica

Terapia Fotodinâmica

A terapia fotodinâmica foi utilizada pela primeira vez para o tratamento de queratoses actínicas e queilite actínica (lábios cronicamente rachados) – duas condições pré-cancerosas da pele associadas à exposição crônica à luz solar.

Este tipo de terapia apresenta excelentes resultados na melhoraria de qualquer tipo de pele danificada pelo sol, além de apresentar excelentes resultados no tratamento da acne inflamatória e rosácea. Usando a terapia fotodinâmica como adjuvante à terapia do laser muitas vezes otimizamos os resultados.

Após o tratamento, enquanto o fármaco PDT ainda está ativo, é necessário que os pacientes evitem a exposição ao sol por pelo menos 36 horas. Vermelhidão e descamação leves da pele podem ser observados por um ou dois dias após o tratamento. No entanto, os pacientes podem retornar às suas atividades diárias.

Fonte: Thais Pepe – Diretora Técnica – Filiada ao CREMESP 110005 – RQE 60135

Títulos:

• Médica especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

• Membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica.

• Membro da American Academy of Dermatology.

• Preceptora do Departamento de Cosmiatria da Unisa (2009/2012)

Capítulos de livros publicados:

• Tema “Molusco Contagioso” (Manuais Práticos em Dermatologia).

• “Lactação e medicamentos de uso dermatológico” (O Aleitamento Materno).

• “Cosméticos e gestação” (Obstetrícia Normal de Raul Briquet).

Publicações em revistas científicas:

• Preenchimento de olheira (Revista de Cirurgia Dermatológica 2013)

• Palestrante nos principais Congressos de Dermatologia.