Radiofrequência fracionada

radiofrequencia-fracionada

Definição

A radiofrequência fracionada é voltada ao completo rejuvenescimento da pele. Esta tecnologia é utilizada para o tratamento de acne, cicatrizes e rugas finas.

Princípio de funcionamento

O equipamento integra dois recursos: a radiofrequência bipolar sublativa que gera um aquecimento dérmico profundo em pontos microscópicos e a indução da cicatrização do tecido cutâneo com o mínimo de dano epidérmico. Trata-se de uma nova geração de resurfacing fracionado.

Principais resultados obtidos:

• Melhora do tom da pele

• Textura da pele mais lisa

• Aparência reduzida dos poros

Principais características:

• Menos tempo de recuperação pós-procedimento

• Tratamento profundo para uma pele mais uniforme

• Seguro e eficaz para todos os tipos de pele

Principais indicações:

• Estrias brancas

• Rugas superficiais

• Cicatrizes

• Textura e irregularidades da pele

Tratamento:

 

Embora o número de sessões varie de acordo com a necessidade de cada paciente, o tratamento com radiofrequência fracionada envolve em média três sessões com intervalos de quatro a seis semanas. Cada sessão dura entre 10 a 20 minutos.

Fonte: Thais Pepe – Diretora Técnica – Filiada ao CREMESP 110005 – RQE 60135

Títulos:

• Médica especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

• Membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica.

• Membro da American Academy of Dermatology.

• Preceptora do Departamento de Cosmiatria da Unisa (2009/2012)

Capítulos de livros publicados:

• Tema “Molusco Contagioso” (Manuais Práticos em Dermatologia).

• “Lactação e medicamentos de uso dermatológico” (O Aleitamento Materno).

• “Cosméticos e gestação” (Obstetrícia Normal de Raul Briquet).

Publicações em revistas científicas:

• Preenchimento de olheira (Revista de Cirurgia Dermatológica 2013)

• Palestrante nos principais Congressos de Dermatologia.