Líquen Plano

hemangioma-thais-pepe

 

Líquen Plano

 

O Lupus é uma doença crônica, auto-imune do tecido conjuntivo, que pode acometer vários órgãos, inclusive a pele. Acomete, preferencialmente, mulheres jovens em idade fértil. Acredita-se que haja uma desregulação do sistema imune que determina a produção de auto-anticorpos que irão ocasionar a doença. Existem diversos fatores implicados na patogênese tais como: predisposição genética e agentes externos (medicamentos, radiação ultra violeta, vírus, bactérias …).

 

Dentre os subtipos de Lupus, há o mais grave chamado de lupus eritematoso sistêmico, que acomete diversos órgãos, podendo ocasionar dores e inchaços articulares, febre, alterações pulmonares, cardíacas e renais entre outras. Além do acometimento cutâneo/mucoso que costuma se apresentar como um eritema (vermelhidão) na face, presença de aftas orais e queda de cabelo. Há também o lúpus com acometimento exclusivamente cutâneo, que pode se apresentar de diversas maneiras como manchas ou áreas cicatriciais e áreas de alopecia no couro cabeludo.

 

O diagnóstico, muitas vezes não é fácil, sendo preciso que o paciente faça alguns exames para melhor definição. É necessária uma avaliação clínica e mais exames laboratoriais complementares como avaliação do hemograma, função renal, além do perfil de auto anticorpos. Quando há apenas lesões cutâneas, o exame anatomopatológico ajuda na definição diagnóstica.

 

O tratamento baseia-se no uso de medicações que precisam ser monitoradas pelo médico devido ao potencial de efeitos colaterais. Recomenda-se evitar exposição solar e fazer uso regular do filtro protetor solar.