Fotoenvelhecimento

tratamentos-faciais-thais-pepe-2

 

Fotoenvelhecimento

 

O envelhecimento da pele tem basicamente duas causas: passagem natural do tempo (envelhecimento intrínseco, ou envelhecimento cronológico) e fatores ambientais que interagem com a pele (envelhecimento extrínseco). Também conhecido como fotoenvelhecimento, o envelhecimento extrínseco é provocado principalmente pela exposição ao sol, que tem efeito cumulativo e potencializa o surgimento de rugas e manchas.

 

Enquanto na juventude a pele consegue corrigir naturalmente as alterações provocadas pelo sol, ao ficamos mais velhos já não é mais possível reverter esses danos. Assim, conforme o tempo passa, a pele incorretamente reconstruída forma rugas e adquire um aspecto “curtido”, apresentando manchas e lesões pigmentadas.

 

E como a exposição ao sol tem efeito cumulativo, o dano causado pelos excessos cometidos na infância e adolescência – estima-se que recebemos 80% de toda a radiação solar da vida até os 18 anos – só serão percebidos muito tempo depois.

 

Uma forma clássica de se atestar a extensão do fotoenvelhecimento é comparar o aspecto de uma parte do corpo mais exposta à radiação solar (como o rosto ou as mãos) e de outra mais protegida, como os seios ou as axilas. A diferença entre ambas é marcante.

 

Os fatores que contribuem para a produção de radicais livres são: consumo alimentos industrializados ricos em gorduras saturada, excesso de álcool e cigarro, estresse, e a já mencionada radiação ultravioleta.

Entre as principais estratégias de prevenção estão:

 

– Usar protetor solar FPS 15 ou mais regularmente, mesmo em dias frios, nublados ou chuvosos, nas áreas mais expostas ao sol – rosto, pescoço, colo, braços, mãos;

– Aplicar o protetor no mínimo meia hora antes de sair ao sol, e reaplicá-lo a cada duas horas, e sempre que entrar na água, transpirar ou secar-se com toalha;

– Não se expor ao sol entre as 10h e 16h;

– Usar chapéu, óculos escuros, camisetas e guarda-sol na praia ou praticar atividades ao ar livre;

– Ter um estilo de vida saudável e alimentação rica em alimentos antioxidantes, como frutas cítricas e vegetais verde-escuros.

Existem diversos procedimentos e aparelhos capazes de atenuar ou até reverter as manchas, rugas e alteração de textura causados pelo fotoenvelhecimento.

 

Agende uma consulta e verifique a melhor indicação de tratamento para você.

Fonte:  Dra. Thais Pepe – CREMESP  110005

  • Médica especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica.
  • Membro da American Academy of Dermatology.
  • Preceptora do Departamento de Cosmiatria da Unisa (2009/2012).

Capítulos de livros publicados:

  • Tema “Molusco Contagioso” (Manuais Práticos em Dermatologia).
  • “Lactação e medicamentos de uso dermatológico” (O Aleitamento Materno).
  • “Cosméticos e gestação” (Obstetrícia Normal de Raul Briquet).

Publicações em revistas científicas:

  • Preenchimento de olheira (Revista de Cirurgia Dermatológica 2013)
  • Palestrante nos principais congressos nacionais.